quinta-feira, 16 de junho de 2011

VIVENDO DE MIGALHAS? (reflexão)

fonte imagem http://3.bp.blogspot.com/-FrTiaZu9B1o/TdxsBotWJ0I/AAAAAAAAECU/k9sqQtMEFHw/s320/migalhas.jpg



Mateus 15.21-28
21 E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom.
22 E eis que uma mulher Cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.
23 Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós.
24 E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.
25 Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!
26 Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.
27 E ela disse: Sim, SENHOR, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.
28 Então respondeu Jesus, e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde àquela hora a sua filha ficou sã.

Esta passagem bíblica mostra uma Grande mulher, que mesmo sem ter seu nome mencionado na história bíblica ficou conhecida, como uma mulher de grande fé. Essa mulher tinha um objetivo ela lutava por amor, por não saber mais o que fazer para livrar a quem tanto amava do mal que a acometia. Talvez ouvisse falar do Jesus que curava e livrava de tantos males, então ela correu e começou a gritar, implorando que Jesus a socorresse em sua grande aflição, aquela mulher conseguiu chamar a atenção dos discípulos e dos demais que o seguiam. Contudo Jesus permaneceu calado não lhe deu resposta alguma. Ás vezes o silencio é pior que uma recusa imediata, a indiferença aparente pode maltratar e levar a desistência, mas não para aquela mãe determinada. Ela continuou pedindo ajuda e Jesus disse que não fora enviado a outros senão aos da casa de Israel, ela deve ter parado e pensando um pouco, mas ainda insistiu em sua petição, e Jesus mais uma vez disse: “não ia tirar comida da boca dos filhos e jogar aos cachorros”, e ela disse, “Sim, SENHOR, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores.” Jesus ficou comovido com a fé daquela mulher e imediatamente sua filha ficou sã.
Jesus ficou impressionado não pelo fato dela se colocar como cachorro, mas por causa do amor que tinha a sua filha que foi capaz de se humilhar de tal modo naquele instante em frente a tantos que o seguiam. A partir daquele momento ela não viveria mais das migalhas que caiam da mesa, ela passara a galeria de heróis e heroínas que marcaram sua história na galeria da fé, nós não sabemos seu nome, mas sua marca foi à fé, a ponto de se humilhar em frente de muitos para assim conseguir benevolência a quem tanto amava. Na verdade aquela mulher nunca quis apenas migalhas, por que migalhas são sobras.
A Palavra diz que nós somos sacerdócio real, ou seja, temos uma linhagem real, somos filhos de Deus e co-herdeiros com Cristo, temos em nós a própria vida de Deus, somos herdeiros do Reino Celeste, mas a todos que forem obedientes também é prometido, que a prosperidade a bonança e a vida em abundancia nos acompanham e tudo que colocarmos nossas mãos será abençoado, será próspero.
Muitos estão felizes com as migalhas sem saber e conhecer daquilo que Deus verdadeiramente quer fazer por ele nesta vida. Veja bem, não se trata de uma ambição desmedida, nem do esquecimento daquilo que Deus tem feito na sua vida. Trata-se de ser fiel no pouco e será colocado sobre o muito, implica que o fiel não esquecerá os benefícios feitos até agora, e também que não vai parar de lutar por dias melhores para si e para os seus, o fiel vai trabalhar, estudar se aperfeiçoar, o fiel vai fazer tudo que estiver em suas mãos para fazer por que o fiel é um guerreiro incansável, mesmo chorando, sofrendo e muitas vezes se decepcionando, ele continua crendo que há esperança em Jesus e que aqueles que confiam em Deus não serão decepcionados, mas há seu tempo serão respondidos e exaltados.
Portanto sejamos fieis e não fiquemos conformados apenas com migalhas, mas que nosso desejo seja sentar-se à mesa do Rei dos reis. Como disse Davi.
“prepara-me uma mesa...”


FDCR


Nenhum comentário:

Postar um comentário